Frases de Violência

Frases de Violência. Encontra dezenas de Frases de Violência com fotos para copiar e partilhar.

0

  • Vivemos num mundo onde nos escondemos para fazer amor! Enquanto a violência é praticada em plena luz do dia.



  • Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.



  • A violência é o último refúgio do incompetente.



  • Todas as crianças deveriam ter direito à escola, mas para aprender devem estar bem nutridas. Sem a preparação do ser humano, não há desenvolvimento. A violência é fruto da falta de educação.



  • A violência destrói o que ela pretende defender: a dignidade da vida, a liberdade do ser humano.



  • Mais do que máquinas precisamos de humanidade. Mais do que inteligência precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes a vida será de violência e tudo estará perdido.



  • Qualquer governo é melhor que a ausência de governo. O despotismo, por pior que seja, é preferível ao mal maior da Anarquia, da violência civil generalizada, e do medo permanente da morte violenta.



  • Nunca use violência de nenhum tipo. Nunca ameace com violência de nenhum modo. Nunca sequer tenha pensamentos violentos. Nunca discuta, porque isto ataca a opinião do outro. Nunca critique, porque isto ataca o ego do outro. E o seu sucesso está garantido.



  • Violência não é um sinal de força, a violência é um sinal de desespero e fraqueza.



  • A violência eo ódio são realmente um grito de amor. Aqueles que mostram seu ódio, são os que mais precisam de amor.



  • Toda verdade passa por três estágios. No primeiro, ela é ridicularizada. No segundo, é rejeitada com violência. No terceiro, é aceita como evidente por si própria.



  • Violência gera violência, os fracos jugam e condenam, porém os fortes perdoam e compreendem.



  • A violência nas mãos do povo não é violência mas justiça.



  • A não-violência leva-nos aos mais altos conceitos de ética, o objetivo de toda evolução. Até pararmos de prejudicar todos os outros seres do planeta, nós continuaremos selvagens.



  • A força gerada pela não violência é infinitamente maior do que a força de todas as armas inventadas pela engenhosidade do homem.



  • Vivemos num mundo onde temos que nos esconder para fazer amor, enquanto a violência é praticada à luz do dia.



  • Você nunca precisará de um argumento contra o uso da violência, você precisa de um argumento para ela.



  • A única obscenidade que conheço é a violência.



  • A miséria degrada o homem na sua dignidade e o degradado parte para a violência, única e desesperada arma de defesa.



  • Questões que se resolvem com violência nunca ficam resolvidas.



  • Onde acaba o amor têm início o poder, a violência e o terror



  • A injustiça atrai a injustiça, a violência gera a violência.



  • Uma das coisas importantes da não-violência é que não busca destruir a pessoa, mas transformá-la.



  • Não existem obstáculos intransponíveis para aqueles que sabem, com benignidade, falar às almas. O mundo pede energia, não violência.



  • A violência do governo só pode fazer uma coisa: gerar a contra-violência.



  • O brando é muito mais forte que o duro. A água é mais forte que a rocha, o amor é mais forte que a violência.



  • A televisão e o rádio, que poderiam e deveriam ser um salutar veículo de informação, cultura e educação têm sido um pernicioso instrumento massivo de desinformação e deseducação, de estímulo ao consumismo e à violência.



  • Todos os seres vivos tremem diante da violência. Todos temem a morte, todos amam a vida. Projete você mesmo em todas as criaturas. Então, a quem você poderá ferir? Que mal você poderá fazer?



  • Ninguém conserva por longo tempo o poder exercido com violência.



  • No manicômio global, entre um senhor que julga ser Maomé e outro que acredita ser Buffalo Bill, entre o terrorismo dos atentados e o terrorismo da guerra, a violência está nos arruinando.



  • As gentes do Porto são ordeiras porque, se não fossem, há muitos anos teriam recorrido à violência perante os enganos dos árbitros que têm decidido da perda de muitos campeonatos e Taças de Portugal.



  • Frágeis usam a violência e os fortes as ideias.



  • A violência às vezes é necessária, mas a meus olhos não há grandeza senão na doçura



  • A vida é uma escola. Estamos aqui para aprender compaixão, não-violência, fé e caridade. Estamos aqui para desaprender as emoções negativas como medo, raiva, inveja e ganância.



  • A insegurança e a frustração levam o homem à violência e à guerra.



  • A compaixão é um sentimento natural que, ao moderar a violência do amor pelo próprio ego em cada indivíduo, contribui para a preservação de toda a espécie. É ela que nos impede a consolar imediatamente aqueles que estão sofrendo sem que tenhamos pensado sobre isso antes.



  • A opção pacífica perde o sentido se não tem a possibilidade de ser eficaz. A violência é inquietante e inaceitável. Até mesmo, num único caso de homicídio, já é um caso de morte a mais do que podemos aceitar. Não há lugar para neutralidade. Quando você diz que é neutro em relação a uma injustiça ou opressão, você decidiu apoiar o status quo do injusto. Não queremos ser amados por sermos bons. Somos bons porque somos amados. Quando você se recusa a partilhar alguma coisa, corre o risco de perder tudo.



  • A não-violência e a covardia não combinam. Posso imaginar um homem armado até os dentes que no fundo é um covarde. A posse de armas insinua um elemento de medo, se não mesmo de covardia. Mas a verdadeira não-violência é uma impossibilidade sem a posse de um destemor inflexível.



  • O estado da natureza é, antes, o estado da injustiça, da violência, do instinto natural desenfreado, das ações e dos sentimentos desumanos.



  • A violência corroi a base da democracia israelense. Deve ser condenada, denunciada e isolada.